Chá de Picão

O chá de picão é original de uma erva natural presente em boa parte das regiões brasileiras. Possui caule ereto e quadricular, pode atingir mais de um metro de altura, seus ramos são opostos, é uma planta com muitos ramos, sem pelos (glabra) e algumas pode possuir penugem.

As folhas são a parte da planta de maior importância, pois é ela que tem valor medicinal usada para fazer o chá de picão.

De aspecto normalmente membranoso, são pequenas e mede cerca de 10 cm de comprimento. Podem ser amareladas ou esbranquiçadas.

Chá de Picão
Foto: Reprodução

Para que serve o Chá de Picão

O chá de picão é usado tanto para tratar problemas de saúde, como estéticos. Trata alergias, amigdalites, asma, bronquite, catarro, gastroenterite, hepatite, icterícia, indigestão, infecções urinárias e vaginais, problemas no estômago e rins, intoxicação alimentar, problemas no pâncreas e úlceras.

O uso do chá de picão também é eficaz para desintoxicação do organismo e combate a retenção de líquidos, estimula a imunidade, controle da pressão arterial e dos níveis de açúcar no sangue e estimula a produção de insulina.

Além disso, o picão é uma das poucas plantas medicinais que tem seus efeitos reconhecidos pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Propriedades

O picão e o chá de picão possuem ações antissépticas, anti-inflamatória, antiespasmódica, hepatoprotetora, anti-ulcerosa, emenagogas, bactericidas, anti-fermentativa, combate á diabetes, função diurética, antiviral, antioxidante, hipoglicemiante, secagem de secreções, leucemias, inibe as atividades tumorais, vermífuga, controla a acidez estomacal e estimula a digestão.

Estão presentes no chá de picão alguns princípios ativos como: carotenoides, fitoesteróides, poliacetilenos, ácido nicotínico, flavonoides, terpenos, fenilpropanoides, lipídios e benzenoides.

O picão além dos princípios ativos, também possui componentes que servem para a produção em laboratório de muitos medicamentos. Confira quais são estas substâncias:

  • Esculetina;
  • Ácido behenico;
  • Beta-sitosterol;
  • Ácido butanedioico;
  • Butoxilinolatos;
  • Cadinoiss;
  • Cafeína;
  • Ácido caffeolico;
  • Ácido caprico;
  • Daucosterol;
  • Ácido elaidico;
  • Ácidos eritronico;
  • Friedelanos;
  • Friedelinas;
  • D-germacreno;
  • Glucopiranoses;
  • Glucopiranosideos;
  • Inositol, isoquercitrina;
  • Ácido laurico;
  • Limoneno;
  • Ácido linoleico;
  • Lupeol;
  • Luteolina;
  • Muuroloi;
  • Ácido miristico;
  • Ocanin-glucosideo-palmitico;
  • Ácido palmitoleico;
  • Ácido paracoumarico;
  • Phenilheptatrieno;
  • Ácido fitenoico;
  • Fitol;
  • Pilosola UM;
  • Poliacetilenos;
  • Precoceno;
  • Piranosos;
  • Quercetina;
  • Sandaracopimaradiol;
  • O- tridecatetraendieno;
  • Ácido de vanilico.

Benefícios do chá de Picão

Com suas propriedades, princípios ativos e outros componentes o chá de picão traz vários benefícios á saúde, vejamos alguns deles a seguir:

  • Auxilia a diminuição do inchaço – o picão tem propriedades diuréticas, que promove a eliminação de água do organismo através da urina. Esse componente retém líquido e combate o inchaço. Mas altas doses do chá de picão podem causar desidratação.
  • Atividade antioxidante – o consumo do chá de picão que possui propriedades antioxidantes, combate os radicais livres do organismo, esses radicais são prejudiciais á saúde, pois propiciam o desenvolvimento de doenças como o câncer e o envelhecimento precoce.
  • Cura a icterícia – essa doença que apresenta como sintoma a coloração amarelada da pele, acompanhada de mucosas causadas pelo acúmulo de bilirrubina (pigmentação amarela que pode ser encontrada nas fezes e no sangue, que é produzida quando os glóbulos vermelhos são desintegrados) no organismo. Seu uso é recomendado pela ANVISA, como tratamento natural da doença.
  • Diminui os níveis de açúcar no sangue – conhecido como hipoglicemiante, o picão, causa o efeito de diminuição dos níveis de açúcar no sangue.
  Chá de Oliveira
Chá de Picão Benefícios
Foto: Reprodução

Contraindicações

Tanto o consumo da planta como o do chá de picão, não são recomendados para mulheres grávidas, pois apresenta atividade estimulante uterina causando o aborto espontâneo.

Um dos componentes da planta é a cafeína, o uso do chá de picão não é indicado para pessoas alérgicas e sensíveis a essa substância.

Como preparar o Chá de Picão

Aprenda como fazer essa receita caseira e natural, que é muito eficiente como tratamento para muitas doenças e problemas de saúde.

Ingredientes:

  • 3 colheres de sopa do picão;
  • 1 litro de água.

Modo de Preparo:

  • Numa panela coloque a água e deixe esquentar no fogo;
  • Acrescente o picão e deixe atingir fervura. Depois desligue o fogo e tampe a panela, abafando-a por cerca de 10 minutos;
  • Coe, adoce da maneira que preferir e a bebida está pronta para ser consumida.

Cuidados

Antes de optar por usar o chá de picão como tratamento para doenças, consulte um médico. Isso é válido para crianças, bebês e mulheres em período de amamentação, pois pode causar efeitos colaterais.

Pessoas que fazem o uso de remédios, devem procurar o médico  para saber se existe algum risco de interação entre o medicamento e planta. Certifique-se com um profissional se a erva é adequada para o seu caso, pois a planta não substitui nenhum tipo de tratamento.

Tome cuidado com o consumo em excesso do chá de picão, pois a planta é um hipotensor, podendo levar pacientes cardíacos a terem reações bruscas.

Antes de utilizar qualquer erva medicinal procure antes por uma orientação médica e faça exames para saber se não é alérgico a planta e seus componentes.

Chá de Picão
5 (100%) 8 votes

Última atualização: 04/12/18


Check Also

Chá de Melão de São Caetano

Chá de Melão de São Caetano

O Chá de Melão São Caetano é feito com uma planta trepadeira que tem se …